Ciência do Treinamento – Workshop

18 fev


Se
VOCÊ, PROFISSIONAL DA SAÚDE,
já se fez pelo menos uma dessas perguntas:

 

1 – “Será que o que EU prescrevi para meu aluno/cliente é realmente o que existe de melhor na literatura para otimizar os resultados propostos?”

 

2 – “Será que a estratégia que EU adotei é a mais eficaz para o desenvolvimento do processo?”

 

Então esse CURSO é para VOCÊ!

Pensando nessas questões, a HighFit criou um modelo de curso inédito, onde estudos de casos serão apresentados, igualmente àqueles vividos pelos profissionais de saúde. Sejam eles professores de educação física, nutricionistas, treinadores ou até mesmo os praticantes que desejam ter um entendimento mais profundo sobre o assunto.



HIIT – Modalidade de treino com alto gasto calórico

18 fev

Hoje em dia a crescente a oferta e possibilidades da prática de diversas modalidades esportivas, principalmente pela propagação das informações nas redes sociais. Porém o que muitos não sabem é que alguns exercícios são bem antigos, e já praticados há muito tempo. E um deles é o HIIT (treino intervalado de alta intensidade).

De acordo com o Educador Físico do Spa Med José Marcelino, o HIIT já existe há muitos anos, porém era voltado para atletas de corrida e agora se popularizou, onde pessoas comuns estão praticando.

A procura por atividades físicas que gaste mais caloria e proporcione resultados de certa forma mais rápido, está cada vez maior, sendo assim José Marcelino explica que o HIIT pode proporcionar um emagrecimento maior, pois o gasto calórico é alto durante a atividade e mantém o metabolismo acelerado após cessar o exercício.

Todas as atividades físicas devem ser prescritas por um profissional formado, um educador físico, pois nem sempre estamos aptos para todas as modalidades, e na intensidade que acreditamos que podemos praticar. Isso também se aplica ao HIIT, e José Marcelino esclarece o motivo “nem todas as pessoas podem praticá-lo, pois necessita de uma avaliação cardiológica e ortopédica, sendo uma atividade de alta intensidade, ela pode ter uma sobrecarga cardiovascular e trazer sérios prejuízos, até mesmo morte súbita”.

Quando estamos orientados e supervisionados por um profissional, tudo fica mais seguro, o HIIt é uma ótima opção para o aumento do gasto calórico, não há necessidade de equipamentos específicos e pode ser realizado até mesmo ao ar livre.

A Dieta de 21 dias é um Revolucionário Protocolo de Emagrecimento (100% Natural) que foi baseado em mais de 1.200 Experimentos Científicos para Ajudar Você a perder Peso e Gordura Corporal  Mais Rápido
do que qualquer outro Método que Você já tentou…

 

    

 fonte: https://noticias.terra.com.br/dino/hiit-modalidade-de-treino-com-alto-gasto-calorico,8c57db393a9ae95a624a398b5457acd6182ra5m4.html


HIT x HIIT

17 fev

Diferenças entre o HIT e o HIIT e como você pode treinar de cada um deles

Tanto o HIT (High Intensity Training, ou treinamento de alta intensidade), quanto o HIIT (High Intensity Interval Training, ou treinamento intervalado de alta intensidade) ajudam a diminuir a gordura corporal em um treino rápido. Diego Bellotti, professor da Bio Ritmo, explica o que é cada um:

 

O HIT

é muito utilizado em treinos de força (musculação), com métodos de intensidade que fazem com que o praticante alcance a exaustão máxima. Ele é basicamente um treino de intensidade altamente elevada.

O HIIT

método que cresceu muito nos últimos anos, é composto por intervalos de altíssima intensidade, com períodos de recuperação, por exemplo, correr na esteira por determinado tempo e descansar por um tempo igual, ou utilizado em uma proporção de acordo com cada protocolo.

“Ambas as modalidades trazem excelentes benefícios quando se trata de ganho de massa magra, mobilização da gordura corporal, melhora do sistema cardiorrespiratório (consumo de oxigênio e limiar aeróbio/anaeróbio) e quando utilizado na musculação, ótimos ganhos de força”, explica Belloti.

O treinador explica que os treinos de HIIT costumam intercalar períodos de esforço máximo, com períodos de repouso passivo, quando a atividade é interrompida com completo. Depois o praticante continua a se exercitar, mas em uma intensidade mais baixa, para que se recupere e consiga aplicar novamente uma intensidade alta no próximo estímulo.

Por outro lado, o HIT traz como método um treino de alta intensidade, como os feitos na musculação, muitas vezes usando métodos de intensificação para que se chegue no estímulo adequado. “Esse tipo de treino requer certa experiência do praticante, visto que não será priorizado a quantidade de treino, e sim a intensidade (qualidade)”, afirma o professor.

 


Personal Trainer – o que você está esperando…?

03 fev

Personal Trainer, atualmente três fatores tornam a corrida de rua vem do uma modalidade esportiva muito desejada:

1 – baixo custo, uma vez que o praticante não precisa de materiais específicos para o ingresso;

2 – emagrecimento;

3 – alívio de estresse.
Por esses motivos, as grandes empresas que são preocupadas com o bem-estar de seus colaboradores adotaram a prática da corrida de rua como estratégia para fortalecer  as relações sociais entre funcionários, aumentar e melhorar as capacidades físicas, tendo como consequência o aumento da produtividade dos funcionários, satisfação e saúde, gerando um retorno positivo para a empresa.

Agora o personal trainer entra em ação, no momento em que muitos grupos se formam sem a devida atenção e orientação capacitada de um profissional da educação física. Muitos grupos que começam assim acabam que geram lesões por falta de disciplina, excessos e treinamento adequado a cada característica de quem pratica, ou seja do seu cliente em potencial. Além disso a lesão é um grande fator desmotivador, o que leva a uma visão errada sobre a atividade física que é praticada sem a devida orientação.

O personal trainer assume no momento inicial o papel de instruir os praticantes e insistir com as empresas sobre alguns cuidados, que muitas vezes são deixados de lado e vão fazer grande diferença nesse início de preparação física. Sempre uma avaliação de um médico é de extrema importância para esse ingresso ao esporte, tentando identificar possíveis doenças pré-existentes ou limitações que vão exigir atenção especial do professor. Uma avaliação física e também um acompanhamento multiprofissional são sempre muito bem-vindos nesse processo inicial, podendo dessa forma ter um acompanhamento da evolução de cada aluno e trabalhando a saúde de todos de forma global (nutricional, postural, hábitos de vida saudáveis, etc.).

Agora, personal trainer você precisar ter consciência que muitos dos novos praticantes serão totalmente sedentários, onde em muitas das vezes esse grupo será o primeiro contato dessa pessoa a uma modalidade esportiva, portanto, a elaboração de uma programação e periodização adequadas de treinamento serão o ponto chave para uma boa adesão dos praticantes. Lembre-se sempre dos treinos de adaptação, de respeitar as individualidades e de sempre ter um bom relacionamento muito próximo aos seus alunos, possibilitando dessa forma que você saiba com exatidão o que cada um deles está sentindo, se os treinos estão muito intensos, monótonos, etc.

Personal Trainer, o que está faltando…?

O que está esperando? Crie uma assessoria específica para atender grandes empresas e preencha esse espaço no mercado e ganhe dinheiro para valer, seja um personal trainer de sucesso e não tenha espaço vazio na sua agenda.

Grande abraço!


PERSONAL TRAINER – Cobre direito e saia da Crise! – dicadobis.com.br

26 jan

Olá Personal Trainer, tudo bem?

Atualmente o personal training é um dos segmentos da Educação Física que mais cresceu nos últimos anos. recentes pesquisas atestam e  comprovam esse fato, classificando o personal training como uma das principais tendências mundiais do mercado fitness atual.

Existem inúmeros fatores que contribuem para essa realidade, porém vamos destacar três:

1 – A atividade física em alta e a atividade física orientada ganha espaço cada vez maior na mídia espontânea.

2 – As pessoas estão mais informadas e, por consequência, mais exigentes quanto aos resultados dos programas de exercício.

3 – A atividade física orientada deixou de ser encarada como GASTO e passou a ser enxergada como INVESTIMENTO em saúde.

Essa mudança “aqueceu” o segmento pois está atraindo diversos profissionais de Educação Física que buscam realização profissional e independência financeira.

Porém, como se destacar em um mercado tão competitivo e exigente?

A base do sucesso, em qualquer área, é o conhecimento técnico. Portanto, estudar é fundamental! Mas, como dizem as grandes personalidades do segmento de gestão de carreira, não adianta ser bom, as pessoas precisam saber que você é bom. Nesse cenário, estratégias de marketing ganham espaço.

Desenvolver um bom plano de marketing não é uma tarefa fácil, pois não compreende somente a elaboração e a divulgação de materiais. Antes disso, é necessário conhecer a si próprio e o seu público alvo.

Quem é você, o que quer no presente e onde quer chegar no futuro? Quem é o seu cliente, quais são seus objetivos e necessidades?

Siga as 5 dicas abaixo e então você poderá responder as perguntas acima:

1 – Defina sua especialidade. Profissionais generalistas não se tornam referência.

2 – Aprofunde seus conhecimentos no segmento escolhido. Isso dará segurança para atuar.

3 – Defina seu público alvo. Direcione suas estratégias de marketing para atingir objetivos e necessidades desse público.

4 – Aprimore sua técnica de venda. Saiba diferenciar VALOR e PREÇO. Valor são as suas qualidades profissionais e preço, o que se paga para usufruir das mesmas. Explore sempre o seu valor e não o seu preço. Isso auxilia a captação.

5 – Cative o seu cliente. Use todas as ferramentas que dispõe para essa finalidade, porém, lembre-se que a melhor forma de cativar é atendendo as necessidades e alcançando os objetivos. Isso auxilia a retenção.

Grande abraço!


HIIT – como realizar? Prescreva! www.dicadobis.com.br

11 jan

Todos nós sabemos da importância da prática regular de atividades físicas, principalmente as atividades aeróbicas. Entretanto a regularidade e persistência nessas práticas torna-se o desafio de 87% das pessoas. Para alguns o maior desafio é caber nos tempos recomendados que envolvem praticar de 30 a 60 minutos de atividade e/ou exercício de 3 a 5 vezes por semana .

Para outros, o desafio é a monotonia de uma longa sessão de treino. Juntando esses dois fatores chegamos ao resultado de falta de regularidade nas atividades físicas. Por causa desses fatores, poucas pessoas conseguem atingir, o recomendado semanal de 150 minutos ou mais de exercício durante a semana

Tradicionalmente é sabido que a prescrição de exercícios físicos se baseia em exercícios aeróbios de maior duração e menor intensidade. No entanto, mesmo em cima desse tipo de treinamento, ha a opção de fazer 75 minutos por semana de exercício de intensidade vigorosa. No entanto (e infelizmente), muitos indivíduos e profissionais de saúde evitam essa recomendação com receio de aumentar o risco de lesão e agravar a chance de eventos cardíacos durante sua pratica.

 

aeróbio

TREINAMENTO INTERVALADO DE ALTA INTENSIDADE- HIIT

 

Diferentemente de exercício aeróbico de intensidade moderada, o HIIT consiste em alternar períodos curtos de exercício intenso, com períodos de recuperação com menor intensidade ou de forma passiva.

Geralmente, no HIIT, os estímulos duram de 15 segundos a 4 minutos, e aproximam-se de 80% a 95% da frequência cardíaca máxima.

Os intervalos de recuperação (pausas) são geralmente igual a ou ligeiramente maior do que os estímulos de trabalho intenso e consistem em repouso passivo ou atividade moderada em 50% a 60% da frequência cardíaca máxima.

A razão trabalho / intervalo de descanso comumente é repetido 6 a 10 vezes. Assim, o tempo total de exercício HIIT varia de 10 a 40 minutos ou mais, dependendo da duração efetiva do trabalho e períodos de descanso (o mais comum, entretanto, e que as sessões de HIIT tenham de 15 a 20 minutos de duração).

Além disso, HIIT tem sido uma estratégia de formação importante para atletas competitivos e é muito eficaz em estimular adaptações fisiológicas que levam a um melhor desempenho. Quando empreendido como um componente de formação atlética, o HIIT tem sido historicamente associada com um risco mínimo de lesão ou eventos cardíacos.

Embora sejam necessárias mais investigações, estudos recentes de HIIT utilizando indivíduos com uma variedade de condições de saúde desfavoráveis e idosos, sugerem taxas de eventos cardiovasculares igualmente baixos quando comparados ao treinamento aeróbico de intensidade moderada/ baixa.CORRIDA

De acordo com os fatos apresentados e dados analisados, parece que HIIT pode ser realizada com segurança por pessoas com vários problemas de saúde com orientação e supervisão adequada.

 

BENEFICIOS DO HIIT

 

Estudos recentes sugerem que períodos misturados de alta com baixa intensidade, pode gerar significativas melhoras fisiológicas para o organismo (o que e impossível de se conseguir com o exercício continuo).
Como benefícios de HIIT pode-se citar:

 

– Perda de peso potencializada

– Aumento da sensibilidade à insulina, tolerância à glicose e perfil lipídico h reduzidos rigidez arterial e melhora a pressão arterial

– Aumento da oxidação de gorduras músculo esquelético

– Aumento do metabolismo pós-exercício

– Melhor condicionamento aeróbio e anaeróbio

–  Redução de gordura subcutânea e abdominal

–  Aumento na aderência ao exercício

 

POR ONDE COMECAR?

Idosos, pessoas com uma ou mais condições crônicas de saúde ou aqueles fisicamente inativos deve passar por seu medico antes de participar de uma rotina regular de HIIT.

O primeiro passo para começar é escolher o modo do exercício executado: o HIIT pode ser aplicado no correr, step, pedalar, nadar, remar e outras atividades afins. Praticamente todas as atividades físicas recebem bem o HIIT

O HIIT deve ser precedido por 5 a 10 minutos de aquecimento e período de volta a calma igual ou inferior a intensidade dos intervalos de recuperação (uma caminhada seguida de alongamentos e o mais indicado).

Inúmeras variações de protocolos HIIT podem ser criadas e implementadas, alterando o tempo gasto no trabalho e / ou intervalos de descanso. Um protocolo de exemplo poderia ser:

 

– 60 segundos forte (7-8 numa escala de Percepção subjetiva de esforço- PSE que vai de 0 a 10 ) alternando com  60 segundos Fraco (4-5 na PSE) Repetir 10x a sequencia;

 

– 30 segundos forte (7-9 na PSE) / 90 segundos Fraco (4-5 na PSE). Repetir 15x a sequencia

 

Aplicar de uma a duas sessões de HIIT no programa semanal de treinamento vai estimular adaptações fisiológicas adicionais, fornecer a variedade e adicionar um elemento de diversão para o treino. Os alunos agradecem

 

Fonte da matéria:
INFORMACOES RETIRADAS DO ARTIGO
ROY, AB. High-Intensity Interval Training: Efficient, Effective, and a Fun Way to Exercise. ACSM’s HEALTH & FITNESS JOURNAL . 17(3), p3. 2013.

Aprenda os SEGREDOS do
TREINAMENTO DE FORÇA PARA HIPERTROFIA
e seja um Personal Trainer SEM espaço na agenda!

Aprenda a prescrever HIIT do jeito CERTO.
Alcance RESULTADOS INCRÍVEIS
e veja sua CARREIRA como Personal Trainer DECOLAR!

Personal Trainer de Sucesso – A Chave

Personal Trainer - HIPERTROFIA - HIIT - DICADOBIS
09 jan

Personal Trainer de Sucesso – A Chave

Cada vez mais o Personal Trainer busca resultados com o Marketing Digital.


chave do sucesso para personal trainer - HIPERTROFIA - HIIT - DICADOBIS

Depois de formados é muito importante que todos os profissionais invistam em sua imagem, tanto para atrair clientes, quanto para criar uma reputação positiva. Com o Personal Trainer não é diferente. Em contrapartida, muitos ainda têm dificuldades nesse processo de mudança, e por falta de orientação ou até mesmo foco acabam esgotando orçamento e energia na busca por construir uma carreira sólida no que diz respeito a parte técnica, e deixam de lado desenvolver imagem e o lado comercial.

A resposta para isso ocorrer se dá pelo fato da maioria dos profissionais ainda acha que ter a formação mais completa é o que vai fazer ganhar dinheiro. “Quando pensamos em ‘ganhar mais’, o que vêm na cabeça é ‘dinheiro’, mas, na realidade, não é mais dinheiro. Antes disso deve haver mais reconhecimento, prestígio, visibilidade, alcance, autoridade e depois, claro, o dinheiro”, aponta e, para isso, nem sempre o conhecimento técnico irá surtir efeito.

Uma das áreas mais buscadas por quem atua na área de Personal Trainer é atualmente para divulgar seus serviços é o Marketing Digital. Com o crescimento das redes sociais, ter uma boa reputação na Web tornou-se fundamental, principalmente para novos clientes que buscam informações dos Personal Trainers antes de fechar negócio.

Para alguns profissionais isso pode parecer um caminho difícil a percorrer, mas, ainda o primeiro passo está no posicionamento de mercado. “Quando ele começa a trabalhar sua imagem, é fundamental que tenha uma mensagem clara para um público alvo específico. As postagens que são feitas, o material online que está disponível, pela identidade online.

Quando o cliente busca na Internet, o que ele encontra, o que ele vê? E qual é a qualidade disso?”. Nenhum ponto com relação a imagem que o Personal Trainer passa na web deve ser despercebido. Imagine se você Personal Trainer estivesse vendo a sua página no Facebook, por exemplo. Será que você se contrataria? Sua página do Face ostenta festas baladas e bebidas alcóolicas? Lembre que o seu “lifestyle” deve ser condizente com o produto (que é a séria e comprometida postura como Personal Trainer) que está sendo vendido. Imagine um cliente que gosta de treinar as 6h da manhã, por exemplo. Será que ele confiaria que você estará disposto e alerta após um final de semana de balada? Você deve passa uma imagem condizente com o produto que está vendendo.

Liberte-se do pensamento: “A Vida é minha ninguém tem nada a ver com isso”, não combina com um Personal Trainer de sucesso e confiança no mercado. Seu posicionamento na Web é a embalagem do seu serviço. Você não pode reclamar que não tem muitos clientes se for o tipo de Personal Trainer que mostra uma imagem diferente de Disciplina, Comprometimento e Seriedade.

Uma imagem online bem trabalhada mostra aos clientes competência, conhecimento do assunto em questão, e o resultado é positivo. No entanto, é preciso tomar cuidado nesse posicionamento. Mostre interesse real pelas pessoas e não foque somente no dinheiro na sua imagem. O Personal Trainer assim como QUALQUER PESSOA OU PROFISSIONAL deve evitar ser associado a uma imagem “mercenária” ou interesseira. Publique conteúdo para seu público de forma que atraia as pessoas para o serviço de Personal Trainer. Caso a pessoa não possa pagar, ela vai gostar e indicar você como um Personal Trainer acessível e indicará outras pessoas que podem pagar seus serviços. Pense nisso! Se coloque mais no lugar do seu público, entenda a dor dos seus clientes e seja um personal trainer de sucesso e fama!

Neste caso, a melhor aposta é entender os problemas e as necessidades dos clientes, para então colocar-se como alguém que pode ajudá-los. No final é possível que nem todos reconheçam essa postura, mas é fundamental que o Personal Trainer escolha um público alvo com o qual se identifique e passe a trabalhar em prol dele.

Não deixe de avaliar nossa página e dar uma olhada nos cursos que temos que te ajudarão a enxergar os error que você como personal trainer está cometendo e deve evitar!

Aprenda os SEGREDOS do
TREINAMENTO DE FORÇA PARA HIPERTROFIA
e seja um Personal Trainer SEM espaço na agenda!

Aprenda a prescrever HIIT do jeito CERTO.
Alcance RESULTADOS INCRÍVEIS
e veja sua CARREIRA como Personal Trainer DECOLAR!

Personal Trainer de Sucesso

09 jan

SEJA Personal Trainer de sucesso – Como?

O Personal Trainer é um profissional graduado como bacharel na matéria de  Educação Física que vai atuar realizando um trabalho de prescrição de treinamento individualizada com seus clientes.


Elementos básicos de um Personal Trainer de sucesso - Entendendo conceitos

O Personal Trainer é um profissional graduado como bacharel em Educação Física, possui seu registro no CREF (Conselho Regional de Educação Física) que vai atuar realizando um trabalho de forma individualizada com seus clientes.

Em um mercado tão concorrido onde cada cliente e aluno são disputados a tapa, é cada vez mais necessário que os profissionais cacem diferenciais para prosperar e conseguir ocupar seu espaço nessa selva do mercado de saúde e fitness. Obviamente a formação obtida na faculdade fornece apenas um conhecimento básico e tem uma serie de limitações para o campo de atuação, ou seja, é quase impossível um professor de educação física sair da faculdade e já engrenar no segmento de personal trainer.

A questão é – O que o Personal Trainer precisa fazer para ter sucesso? E algumas respostas vamos ver abaixo.

O primeiro e mais importante passo é realmente entender o que é um Personal Trainer. Bom vamos lá, o personal trainer é um profissional graduado como bacharel em Educação Física, devidamente habilitado pelo conselho regional de Educação Física (CREF), que vai atuar realizando um trabalho de forma individualizada com seus clientes, avaliando, prescrevendo treinamentos individuais e acompanhando suas atividades com controle e atenção com o objetivo de otimizar os resultados e minimizar todos os riscos, zelando pela saúde física do seu cliente.

Muito se fala sobre ter diferenciais, mas o que precisamos saber de verdade é claramente saber o que realmente é diferente para o cliente. Existe uma diferença muito clara entre “Diferencial é Pré-requisito”, tudo que é diferente apenas uma ou algumas pessoas tem e tudo que é pré-requisito a maioria já tem e passa a ser o mínimo esperado quando vai comprar algum produto ou serviço.

Exemplo: Vamos imaginar que você vai treinar em duas academias ao mesmo tempo, uma delas fica em um bairro mais rico chamado “academia Alfa” que cobra R$ 400,00 por mês e a outra academia fica em um bairro mais pobre chamada “academia Beta” que cobra R$ 50,00 por mês. Agora imagine que na sua primeira semana de aula você repara alguns detalhes e entre esses detalhes que a academia Alfa e Beta tem uma das melhores e mais caras marcas de equipamentos de musculação, possui manobrista para estacionar os carros e tem secador disponível no banheiro feminino.

A pergunta é, isso é um diferencial? O que é melhor na academia Beta e na academia Alfa?

A resposta é: para academia Alfa não e para academia Beta sim, isso tudo está relacionado ao investimento que é feito. Quem paga R$ 400,00 por mês em uma academia espera ter a disposição esses detalhes apresentados até porque em qualquer outra academia que você for e que a mensalidade for próxima desse valor, certamente irá oferecer esses 3 detalhes apresentados também, ou seja se todas as academias do mesmo porte que cobram a mesma mensalidade tem, não é diferencial e passa a ser pré-requisito.

Agora para uma academia cujo o valor da mensalidade é R$ 50,00 ter esses detalhes é sem dúvida um grande diferencial, porque certamente o aluno que foi lá não esperava por isso e é pouco provável que na região alguma outra academia ofereça esses mesmos benefícios.

Traduzindo esse conceito para o mundo do Personal Trainer teremos que analisar claramente qual é o perfil do cliente, o que ele procura, o que é pré-requisito e o que realmente é um diferencial. A maioria dos profissionais que atuam nesse segmento passam muito tempo se dedicando e estudando questões técnicas, métodos de treino e novas formulas para trazer mais resultados ao clientes, e isso em algum momento pode ser um diferencial mas não será sempre, e não são 100% determinantes para o sucesso, na minha concepção tenho muito claro que competência técnica é pré-requisito, é o mínimo que o cliente espera quando vai fazer o investimento no serviço de um personal. Nesse quesito de certificação, gostaria de destacar a necessidade de se atualizar! O personal trainer deve estar antenado e atualizado com os principais métodos e informações sobre os Treinamentos de Hipertrofia e HIIT, por exemplo.

Você personal trainer, está se atualizando? Está se informando como melhor prescrever treinamentos individualizados com qualidade e responsabilidade com seus alunos? Será que você sabe realmente ter uma agenda cheia e sem espaços? Será que você sabe realmente treinar? Pensa nisso agora e mude a sua carreia e tenha sucesso!

Aprenda os SEGREDOS do
TREINAMENTO DE FORÇA PARA HIPERTROFIA
e seja um Personal Trainer SEM espaço na agenda!

Aprenda a prescrever HIIT do jeito CERTO.
Alcance RESULTADOS INCRÍVEIS
e veja sua CARREIRA como Personal Trainer DECOLAR!

10 motivos para contratar um PERSONAL TRAINER

09 jan

ASSISTA ESSE VÍDEO E NÃO DEIXE DE SE INSCREVER NO CANAL!

10 motivos para contratar um Personal Trainer

Treinar sem personal trainer atrasa e diminui os resultados. Entenda como esses caras podem mudar seu corpo

 

A verdade é que TODOS desejam ter uma aparência e visual melhores. Pare e pense comigo: Para quem gosta de uma roupa de “marca” se vestir de forma diferenciada… Um bom físico ajuda tanto os homens quanto as mulheres certo? Uma boa roupa ou acessório num corpo com porte diferenciado vai destacar você na multidão.
Bom, sua matrícula na academia é o primeiro passo. Se ainda não fez isso COMECE NESSE INSTANTE! Uma dica para que você tenha compromisso com o pagamento da mensalidade é fazer um plano anual.

10 Motivos para Ter Personal Trainer - HIPERTROFIA - HIIT - DICADOBIS

Mas, para que o seu exercício físico tenha efeito em seu corpo, você deve executá-lo corretamente, tanto nas técnicas quanto nas cargas adequadas. Para isso, a orientação de um personal trainer profissional é crucial para o sucesso tanto no resultado como na atividade executada. Com certeza você já deve ter visto aquelas pessoas que ficam pelos corredores das academias com um sujeito uniformizado, de porte atlético, que as segue como se fossem pitbulls, geralmente com uma camisa diferenciada escrita PERSONAL TRAINER. Esses são os famosos profissionais capazes de mudar sua vida. E não é exagero dizer isso, pois treinando sozinho você fará exercícios com o peso de sua escolha que raramente são “desconfortáveis”, com intervalos maiores que os permitidos devido aos papos paralelos e outros tatos erros que irão prejudicam os resultados da boa forma que você tanto deseja.

Portanto, entenda de uma vez por todas porque contratar um personal trainer não é uma atitude ostentadora, luxuosa ou desnecessária como alguns acham e falam de forma errada:

 

1 – Ao iniciar uma atividade que você nunca praticou e ainda faz errado quando tentou, não faz ideia por onde começar e esqueceu o que o Professor da academia falou. O personal trainer sabe sem pestanejar.10 Motivos para Ter Personal Trainer - HIPERTROFIA - HIIT - DICADOBIS

2 – Você treina, treina, treina se acaba na academia e não vê resultado, alguma coisa está errada. O personal trainer sabe corrigir.

3 – Treinar errado é mesma coisa que levantar a mão e pedir uma lesão. Com peso exagerado então (o que é mais comum), as chances são infinitamente maiores. O personal trainer sabe qual exercício vai aplicar e a carga ideal para o seu nível de treinamento.

4 – As mulheres ABOMINAM caras barrigudos e flácidos. Não é necessário ter o abdome do Leônidas do “300”, porém uma forma de Barril de Chopp só vai atrapalhar na hora do exercício entre quatro paredes. O personal trainer vai te ajudar a eliminar essas banhas (contanto que você coma direito, claro). Lembre-se que personal também não é santo milagreiro. Nem “lipoaspirador”. VOCÊ TEM QUE FAZER A SUA PARTE E SE ALIMENTAR DIREITO

5 – Ser magro é muito bom, tanto pra saúde quanto para a estética. Agora, magricela raquítico é causa de pena e preocupação. O personal trainer vai trabalhar para que você consiga adquirir peso, massa no que se refere ao aumento de músculos e não retenção líquida.

6 – O personal trainer vai te chamar a atenção. Você no pé dele também será mais visto. As mulheres reparam nisso e veem que você é um cara que investe e cuida do corpo. Pode ser um adendo no momento da conquista.

7 – Dica de blogueiro da maromba que não tem CREF, não estudou Educação Física te fala pra tomar isso e aquilo, treinar de um jeito ou de outro, esqueça! Ouça quem estudou e tem informações embasadas e concretas para fornecer.10 Motivos para Ter Personal Trainer - HIPERTROFIA - HIIT - DICADOBIS

8 – Já ouviu que tomar anabolizante cresce? beleza, já ouviu falar nos efeitos colaterais se foram usados de forma abusiva e sem orientação médica? O personal trainer vai te ajudar a construir músculos de qualidade sem que você precise tomar algum “aditivo”.

9 – Os intervalos são importantes para o resultado. Ficar enrolando entre uma série e outra certamente não virá a acontecer se você treinar com o personal trainer.

10 – Acha caro uma aula com personal trainer? E uma consulta médica? E um medicamento? São baratos? Se você tiver uma lesão, o fisioterapeuta vai cobrar barato pra te recuperar? Pare e pense! Esses profissionais são importantíssimos, mas ninguém curte ficar indo ao médico nem fazer sessões de fisioterapia. Treinar é diferente. Libera hormônios prazerosos e ainda te deixa com um corpo melhor.

 

Antes de contratar um personal trainer, converse com ele, teste seus conhecimentos, peça uma aula experimental e não fique tentando pechinchar o preço da aula. Contrate o serviço que você puder pagar. Uma ou duas vezes na semana já pode ser suficiente para o seu treino melhorar de maneira significativa. Pare de gastar seu dinheiro com balada cara, extravagâncias desnecessárias e vícios insalubres. O personal trainer vai te trazer muito mais retorno.

Aprenda os SEGREDOS do
TREINAMENTO DE FORÇA PARA HIPERTROFIA
e seja um Personal Trainer SEM espaço na agenda!

Aprenda a prescrever HIIT do jeito CERTO.
Alcance RESULTADOS INCRÍVEIS
e veja sua CARREIRA como Personal Trainer DECOLAR!

Treino HIIT é inibidor de apetite – www.dicadobis.com.br

06 jan

Treino HIIT x Perda de apetite

Sobre a questão do apetite, a ciência muito discute para entender até que ponto o efeito do exercício de alta intensidade realmente atua de fato sobre o apetite e ainda busca entender se esta influência é apenas psicológico ou fisiológico (acontece de verdade).  Além de ser um excelente exercício para quem quer queimar gosdura e emagrecer de forma rápida e com resultados, o HIIT ainda tem mais uma vantagem que é sobre o apetite. Para comprovar esse fato, foi feito um estudo recente que nos trouxe informações bastante relevantes, comparando a influência no apetite em exercícios aeróbicos de baixa intensidade e o HIIT.

Neste estudo de Alkahtani (2014), a equipe do pesquisador colocou homens obesos ou com sobrepeso em dois treinos diferentes, durante o período de 4 semanas. Primeiramente em um treinamento com intensidade contínua, sem variação de frequência cardíaca e esforço. Secundariamente um treinamento intervalado de intensidade alta (HIIT)

Os resultados deste estudo mostraram que o treino intervalado de alta intensidade provocava realmente uma redução da fome e vontade de comer , enquanto foi verificado no treinamento contínuo sem variação de esforço, efeito inverso. Como se isso não bastasse, a diferença foi muito mais em alimentos gordurosos e em doces. Desta maneira, quando faziam exercício contínuo os indivíduos tinham uma ingestão de gordura aumentada em 38% e quando faziam HIIT, este consumo era diminuído em 16%.

Desta maneira, tudo indica que além de ser altamente indicado para o emagrecimento por suas propriedades de benefícios para o corpo humano, o Método de trinamento HIIT ainda ajuda a diminuir a vontade de comer doces e alimentos gordurosos. Com este treino regular, uma alimentação equilibrada e um descanso planejado, você conseguirá queimar gordura de maneira eficiente.

Grande abraço!

Segredos da Hipertrofia

Aprenda os segredos do treinamento de força para hipertrofia e seja um Personal Trainer SEM espaço na agenda!

Treinamento HIIT para Personal TRAINERS! Clique AQUI!

TREINAMENTO HIIT

Olá Personal Trainer!

Torne-se um expert em treinamento HIIT. Entenda como funciona e como prescrever HIIT corretamente para seus alunos. E conheça  mais de 20 protocolos de HIIT já testados por estudos científicos e suas aplicações. Clique na imagem e saiba mais sobre o que receberá como diferencial Profissional, saia AGORA do Salão de Musculação e seja um Personal sem espaço na sua Agenda!

Ciência na Prática - Estudo de Caso: Emagrecimento

Os professores Rodrigo Baladán, Daniel Chreem e Tiago Leite orientam o melhor caminho sobre estudos de caso de EMAGRECIMENTO, baseados no que há de mais recente na literatura e em estudos científicos internacionais.